Campanha em Ação

8 de setembro de 2017

21 de setembro - Dia Europeu de Ação contra o discurso de ódio islamofóbico

De acordo com o inquérito online, realizado pelo Departamento de Juventude do Conselho da Europa em 2012, os muçulmanos são o segundo grupo mais atingido pelo discurso de ódio online. Em 2017, isto não mudou. O Relatório Anual de 2016 da Comissão Europeia contra o Racismo e a Intolerância (ECRI) constatou que, em toda a Europa, os argumentos antimuçulmanos já não se restringem a sectores marginais da sociedade e agora são também abraçados por alguns políticos conhecidos, resultando num crescente discurso populista e xenófobo. A ECRI constata que os muçulmanos continuam a sofrer discriminação em várias áreas da vida social, incluindo educação, emprego e habitação, expressas através de discurso de ódio, violência ou caracterização étnica e religiosa. As mulheres muçulmanas que usam símbolos religiosos visíveis, como o lenço de cabeça, são particularmente vulneráveis ​​à discriminação devido à interseção de género e religião. O relatório destaca que tais experiências negativas podem provocar sentimentos de isolamento numa comunidade maior e impedir o desenvolvimento de sociedades inclusivas. Também pode contribuir para uma desintegração mais geral dos valores humanos, como a não discriminação, a tolerância, a liberdade religiosa, a solidariedade e a igualdade.

O Movimento Contra o Discurso de Ódio organizou o primeiro dia de ação contra o discurso de ódio islamofóbico em 2014. Este ano, o movimento organizará um dia de ação para combater o discurso de ódio dirigido aos muçulmanos por ocasião do Dia Internacional da Paz. Concentrando-se nas pessoas afetadas pelo discurso de ódio, em vez da fobia do Islão e suas subsequentes conotações negativas, o movimento quer romper a crescente dicotomia entre "nós" e "eles" que se desenvolveu no discurso público de muitos países. (Relatório anual da ECRI, 2016). O discurso populista xenófobo retrata uma ligação não existente entre refugiados, fé muçulmana e ataques terroristas recentes na Europa. Esta narrativa xenófoba simplista não reflete a realidade dos refugiados de muitas religiões diferentes que procuram segurança contra a guerra e o conflito: quase todos os muçulmanos europeus vivem em paz na sua comunidade há décadas, às vezes séculos, e os ataques terroristas mais recentes foram perpetrados por nacionais dos países afetados .21 Setembro 17 PT

Em 21 de setembro, o Dia Internacional da Paz, o Movimento Contra o Discurso de Ódio apela a um diálogo positivo com os muçulmanos na Europa. O diálogo pode diminuir os estereótipos e preconceitos e fortalecer as contra narrativas e narrativas alternativas que contradizem o discurso de ódio e a narrativa xenófoba subjacente.

Todos os anos, o Dia Internacional da Paz é observado em todo o mundo a 21 de setembro. A Assembleia Geral das Nações Unidas declarou este como um dia dedicado ao fortalecimento dos ideais de paz, tanto dentro como entre todas as nações e povos. O Dia Internacional da Paz foi estabelecido em 1981 pela resolução 36/67 da Assembleia Geral das Nações Unidas para coincidir com a sua sessão de abertura, que se realiza anualmente na terceira terça-feira de setembro. O primeiro dia da paz foi observado em setembro de 1982. Em 2001, a Assembleia Geral, por unanimidade de votos, aprovou a resolução 55/282, que estabeleceu 21 de setembro como dia anual de não violência e cessar-fogo. As Nações Unidas convidam todas as nações e pessoas a respeitar a cessação das hostilidades durante este Dia e, também, a comemorar o Dia através de ações educativas e da conscientização pública sobre questões relacionadas com a paz. O tema para 2017 é "Juntos pela Paz: Respeito, Segurança e Dignidade para Todos".

O Movimento Contra o Discurso de Ódio aproveita esta oportunidade para promover narrativas positivas sobre os muçulmanos e os seus direitos humanos. O diálogo e a tolerância inter-religiosa são pedras angulares para criar pontes entre aquilo que divide a sociedade, desafiar o discurso de ódio que alimenta conflitos e trabalhar em prol da paz. Vamos iniciar  um diálogo ...

Objetivos do Dia de Ação

• aumentar a consciência sobre o impacto, os riscos e possíveis consequências do discurso de ódio dirigido aos muçulmanos na Europa e para além dela,

• partilhar informações que possam desconstruir e contradizer estereótipos e preconceitos existentes em relação à realidade dos muçulmanos na Europa e para além dela,

• promover contra narrativas e alternativas que desafiem o discurso de ódio visando pessoas muçulmanas,

• defender o diálogo entre pessoas de diferentes fés, crenças e religiões em especial com os muçulmanos,

• partilhar bons exemplos e práticas de compreensão, reconhecimento e cooperação entre diferentes religiões e grupos não religiosos,

 

Ideias para ações e atividades offline que podem ser organizadas com e para jovens por ocasião do Dia Internacional da Paz em 21 de setembro de 2017:

• Promoção do diálogo, por exemplo, um dia de portas abertas na mesquita local ou convite para tomar um chá / café junto com pessoas muçulmanas na comunidade

• Atividades inter-religiosas entre diferentes grupos de fé, com o apoio de igrejas locais de diferentes religiões, incluindo pessoas muçulmanas.

• Atividades educativas sobre fé e diálogo inter-religioso, por exemplo, dos manuais educativos Referências ou Compass

Ideias para ações online para combater o discurso de ódio dirigido às pessoas muçulmanas em 21 de setembro de 2017:

AÇÃO 1

Apoie o Thunderclap que terá lugar às 17h00 CET (16h00 em Portugal) no dia 21 de setembro com a mensagem "Stop ao discurso de ódio dirigido aos muçulmanos. Vamos iniciar um diálogo por uma Europa pacífica e diversificada"

AÇÃO 2

Denuncie o discurso de ódio online através do Observatório (Hate Speech Watch), para que seja possível monitorizar conteúdo online dirigido a pessoas muçulmanas na Europa e para além dela.

AÇÃO 3

Organize um evento de porta aberta ou uma atividade educativa no dia 21 de Setembro, com e para jovens, para combater o discurso de ódio dirigido a pessoas muçulmanas. Envie um relatório da atividade aqui.

AÇÃO 4

Faça um upload da sua foto com uma mensagem iniciando com esta frase "Vamos iniciar um diálogo sobre / com / para..." combatendo o discurso de ódio contra pessoas muçulmanas.

AÇÃO 5

Leia, veja e partilhe este conjunto de recursos úteis que podem ajudá-lo a combater e contrariar o discurso de ódio dirigido a pessoas muçulmanas.

AÇÃO 6

Leia e compartilhe uma infografia que desafia o discurso de ódio contra os povos muçulmanos. Faça a sua própria imagem ou use estes modelos (templates) para desconstruir estereótipos e preconceitos ou desafiar mitos sobre as pessoas muçulmanas e partilhar nas redes sociais.

Notícias Recentes

Formação «Discurso de Ódio e Narrativas Alternativas / Direitos Humanos online»

No âmbito do projeto Internet Segura e dando continuidade às ações do Movimento Contra o Discurso de Ódio, o IPDJ dinamiza uma ação de formação online, de 1 a 5 outubro de 2021, em colaboração com a Amnistia Internacional Portugal, sobre «Discurso de Ódio e Narrativas Alternativas / Direitos Humanos online» .

Novos eventos do Conselho da Europa sobre o discurso de ódio

O Conselho da Europa (CoE) realiza workshops online sobre discurso de direitos humanos. O próximo será de 27 a 28 de setembro sobre discurso de ódio antimuçulmano e de 12 a 14 de outubro sobre discurso de ódio antissemita.

Academia de Ativistas 2021 - Rede Contra o Discurso de Ódio

De dia 5 a 9 de agosto de 2021 a Rede Contra o Discurso de Ódio (No Hate Speech Network - NHSN) vai organizar uma atividade educativa de seis dias!

10 anos depois dos ataques de Utoya - O que aprendemos?

No dia 21 de julho de 2021 das 11-12.15 AM (10-11:15 hora portuguesa), a Rede Contra O Discurso de Ódio (NHSN) convida todos a participar no evento online, dez anos após os ataques de Utoya, e mostrar o apoio às vítimas de crimes de ódio.

Workshop de criação de narrativas baseadas nos Direitos Humanos

Workshop de criação de narrativas baseadas em direitos humanos para combater o discurso de ódio anti-Ciganos e Nómadas - 30 de junho e 1 de julho

No Hate Speech Network -Primeira Assembleia Geral

Realiza-se hoje, 11 de dezembro, a primeira Assembleia Geral da No Hate Speech Network

Todas as notícias

Eventos

#odionao

no Twitter

Não ao discurso de ódio

no Facebook

O Movimento Contra o Discurso de Ódio é coordenado em Portugal pelo Instituto Português do Desporto e Juventude, I.P.
Desenvolvido por Instituto Português do Desporto e Juventude, I.P., 2013.
Termos de Utilização e Condições de uso e privacidade | Contatos

IPDJ MEC DGE ACM, I.P. Amnistia Internacional APAV Bué Fixe CDP CIG CNJ FNAJ ILGA Internet Segura Jovens para a Igualdade PAR REA SOS Racismo Associação Nacional de Professores Associação Portuguesa de Ética e Filosofia Prática Associação Tudo Vai Melhorar Câmara Municipal de Cascais – Juventude Comissão Nacional da UNESCO Juventude Cruz Vermelha Portuguesa – Lisboa e Braga Dínamo – Associação de Dinamização Sócio-Cultural Fundação Calouste Gulbenkian MOVIJOVEM No Bully Portugal Procuradoria Geral da República – Gabinete de Cibercrime Rota Jovem – Associação Juvenil Teatro Umano
LTO YOUTH COE